Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

27 de dezembro de 2007

O menino do dedo verde

Estava me recordando dia desses dos primeiro livros que li. O primeiro se chamava Atíria na Amazônia. Li por causa de um trabalho escolar, não lembro em que ano. No trabalho, perguntava-se qual foi o primeiro "livro-livro" que você já tinha lido. Eu não tinha lido nada. Nem Menino Maluquinho. Atíria foi o primeiro.

De qualquer maneira, queria falar de outro livro. O livro que tem como protagonista Tistu. Chama-se "O Menino do dedo verde". Escrito por Maurice Druon, O Menino do dedo verde conta a história de Tistu, um menino no qual tudo que toca fica verde. Sim, tudo que ele toca vira plantas e flores. E dos mais variados tipos, vejam só.

A analogia com outra história famosa é evidente: Tistu está para Midas, assim com o verde está para o ouro.

O livro de Maurice Druon é antigo, de 1957, mas se encaixa bem no presente momento. Este contexto de que o mundo vai acabar e que precisamos salvar a natureza, etc. Tistu seria um ótimo simbolo de referencia, ecologicamente e politicamente correto.

Postar um comentário