Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

13 de abril de 2008

Weeds

Nancy levava uma vida convencional no subúrbio da pacata e aparentemente conservadora Agrestic, na Califórnia. Após ficar viúva, ela, que não tinha profissão nem emprego, precisou dar um jeito de sustentar sua família e manter o conforto de seus dois filhos. Mas não foi a tragédia que tornou a série, logo em sua primeira temporada, o programa mais visto do canal americano Showtime, e sim a forma encontrada para superá-la: a doce e meiga mãe virou traficante de maconha – daí o nome “Weeds”, erva em inglês.Embora a série pudesse cair nos lugares-comuns que envolvem a droga, ela surpreendeu ironizando paradoxos e fazendo provocações à cultura norte-americana. (Séries ETC.)



Diálogos do primeiro episódio:

- Então, realmente acho que é importante que removamos todos refrigerantes das máquinas e façamos a reposição com garrafas d'água e de sucos de frutas naturais.
- Está falando também sobre soda dietética? Porque não acho que devemos tirar a soda dietética. Muitas de nossas garotas estão querendo emagrecer.
- Todas aquelas garotas tem 11 anos. Elas não deviam estar fazendo dieta.

- Drogas vendem-se sozinhas. Você não está na merda.

- Podemos transar na sua casa?
- Então vocês acham que estão prontos?
- Sim. Eu já o torturei bastante.

Série muito legal. Trinta minutos cada episódio e o tempo passa num piscar de olhos. Recomendo. Também recomendo a leitura desta matéria. É sobre o porquê deste tipo de seriado não ter vez aqui no Brasil.
Postar um comentário