Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

27 de abril de 2011

Não passei! Não passei!


Acho que eles não gostaram do meu humor!

"[...] para a segunda fase, outros(as) candidatos(as) foram selecionados [...]" (Email recebido há pouco)

Lições supostamente aprendidas:

1. Escrever o que eles desejam ler;
2. Trocar a cola-cola por alguma relação familiar (pais que se sacrifique por um filho) ou por algum conto de moral (a história da tartaruga e do lebre);
3. Quando for falar de mim, citar características boas, não necessariamente verdadeiras. Não irei escrever do que eu gosto. Apesar dos meus gostos definirem boa parte do que sou! Irei escrever coisas como "extrovertido, dinâmico, ágil, comunicativo", mas sem esquecer de citar alguns defeitos-positivos como "teimoso, sincero, lógico, impaciente e otimismo".

Mas e aí, como se mostrar uma pessoa séria e comprometida através de uma FOLHA de PAPEL? Será que é só isso que eu disse? Será que eu tô certo? Eles deviam justificar minha ELIMINAÇÃO com algo como "ele não se dava bem com os membros da casa", estilo Big Brother. Pelo menos aí eu saberia o que eu tinha feito de errado!

Como não foi o que fizeram, prefiro continuar sendo sincero. Uma hora eu acerto!
Postar um comentário