Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

14 de maio de 2011

Os dois episódios sem Michael Scott foram memoráveis

Quando o protagonista de uma série abandona-a por ter outros planos para a carreira, costumam dizer que seria melhor encerrar a história ali mesmo. Dão como certo que a formula de sucesso não conseguirá manter o mesmo nível sem o astro principal. The Office está mostrando que, sim, é possível viver sem Michael Scott.

Após DeAngelo sofrer um acidente e se afastar do cargo de gerente, a Dunder Mifflin fica sem nenhum supervisor. Porem a rotina não muda, todos continuam alegres e fazendo suas tarefas normalmente. Mas a dona, Jo, quer que alguém substitua DeAngelo, mesmo que temporariamente. Primeiro liga para Jim e faz a oferta, mas este não aceita por achar o ambiente bom do jeito que está. Mal Jim desliga o telefone, o de Dwight toca: Sim, DWIGHT SE TORNA O GERENTE.


E ele começa a implantar mudanças na empresa: além de remodelar a mesa (ganhamos uma nova abertura), surge uma maquina para bater o ponto, novos cartões, almoços separados para não perder tempo com as conversas, juramento a bandeira americana...

Gabe: Não temos secretária eletrônica?
Erin: Dwight não confia em robôs passando mensagens.


Simplesmente sensacional. Só que Dwight vacila ao querer se exibir demais e acaba DANDO UM TIRO dentro da filial. Todo mundo começa a chantageá-lo em busca de privilegios e um inquérito é aberto por Toby (nunca vi a cara dele tão feliz!). Acusam Dwight de TERRORISMO! Ele até tenta resolver tudo internamente, sem a matriz ficar sabendo, mas não dá certo.

Dwight: Devíamos tratar disso entre nós.
Ryan: Por que protegeríamos você?
Dwight: Porque são meus melhores amigos e digo isso de coração. Gerenciar vocês nessa semana foi a maior honra da minha vida. E se vocês estragarem isso, incendiarei esse escritório. E digo isso simbolicamente, não literalmente. Vocês são tão importantes para mim. Amo vocês. Não fiquem no meu caminho. Vocês são demais.


Vendo-se pressionado, Dwight desiste do cargo de gerente. Jo encarrega Gabe, Jim e Toby de escolherem um substituto do substituto temporário. E o cargo fica nas mãos da pessoa mais experiente da empresa.


CREED!

O próximo episódio vai ser duplo e marcará o fim dessa temporada. O título escolhido é "Search Committee". Contará com participações de JIM CARREY, a volta de DeAngelo (WILL FERRELL), RAY ROMANO e RICKY GERVAIS (o criador do The Office original, o inglês!)

E aí, quem será o novo LÍDER?
Postar um comentário