Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

4 de novembro de 2011

Mais dois sonhos numa noite

No primeiro sonho, eu estava em um posto de gasolina, quando apareciam vários policiais querendo me multar. Eu tinha cometido infrações no Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Eu alegava que tinha emprestado o carro e eu não era responsável por aquelas multas, mas eles queriam porque queriam que eu assinasse um termo me comprometendo a elas. Eu não assinava. Afinal não era o culpado. Porem não conseguia me lembrar para quem eu tinha emprestado o carro.

E do outro sonho nem vou comentar aqui, porque a menina já apareceu umas mil vezes. Lembro que era na praia e tava todo mundo feliz e bêbado.
Postar um comentário