Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

5 de dezembro de 2011

Se você não faz parte da solução, você faz parte do problema


"Abandono de animal: Se você não faz parte da solução, você faz parte do problema". Oi? Sou obrigado a adotar animais? Que lógica é essa?

Até aprovaram uma lei ai, na calada da noite, que não era crime matar animes em rituais religiosos. Não procurei saber se abandonar é crimes, mas se for, é irrelevante. Não faço parte desse problema. Odeio essas propagandas ideológicas que querem por a culpa nas pessoas. É que nem o lance do lixo. Jogar na rua não vai destruir o mundo. Já falei disso aqui, leiam.

Você pode até pensar: "Ah, mas se você não faz nada é a mesma coisa de se calar. Ficar omisso é não se importar se ela existe ou não, então você consente". Só que não temos condições de batalhar todas as lutas. Nem todas elas nos interessam, mesmo sendo afetados por algumas dela. Cada um luta pelo que acha correto. Corrupção, por exemplo. Tá rolando um monte de marcha anti-corrupção e bla bla bla. Ninguém acha bom quando um politico rouba. É um consenso. Mas na hora de subornar um policial para ele não apreender seu carro por você dirigir habilitado, poucos não o fazem. Algumas lutas precisamos vencer a nós mesmos.

Bem, mas aí sobre a questão dos animais. Inventamos algumas coisas que caso eu não faça parte da solução, faço parte do problema. Lá vai:

- Poluição atmosférica: se você libera gás carbônico quando respira, você faz parte do problema.
- Poluição atmosférica: se você não realiza fotossíntese, você faz parte do problema.
- Poluição atmosférica: se você vai ao cinema e não protesta para que desliguem o ar-condicionado, você faz parte do problema.
- Poluição mundial, se você não ajuda ativamente a limpar, você é parte do problema
- Corrupção política: se você não luta ativamente contra, você faz parte do problema
- Má qualidade do ensino: se você não ajuda a melhorar você faz parte do problema
- Superpopulação mundial: se você tem filhos, você faz parte do problema.
- Exploração de recursos naturais: se você é consumista, você faz parte do problema.
- Abandono de crianças: se você não faz parte da solução, você faz parte do problema.
- Pobreza na áfrica: se você não é Angelina Jolie, você faz parte do problema.
- Escassez de água: se você dá descarga, você faz parte do problema.
- Destruição de Majin Boo: Se você levantou as mãos, você faz parte da genkidama.
- Geração que se cansa rápido das coisas: se você se cansa rápido de qualquer coisa, você faz parte do problema.

Daí aconteceu um negócio engraçado lá:

Viviane França: Ia curtir a sua publicação, mas daí ia ter que curtir todas aí tbm, afinal é a mesma lógica non sense ¬¬ daí fiquei com preguiça hehehe

E então...

Igor Freire: Abandono de publicações: se você não curte as publicações de Túlio, você faz parte do problema.
Postar um comentário