Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

17 de janeiro de 2012

Pequenos comentários acerca das coisas que assisti nesses dias

Obras Incríveis: Cervejaria Heineken


O documentário sobre a cervejaria Heineken dá vontade de beber cerveja. Aproveitei que tinha uma na geladeira e bebi. Fala sobre o processo de produção da cerveja. Mais complicado do que parece. A logística envolvida no transporte é tão complexa que a Heineken criou um porto só pra enviar a cerveja pelo mundo.

The Escapist


The escapist é fraquinho. É um Prison Break mal feito. Seu Jorge tá no filme!

Daybreakers


Daybreakers é um bom filme. Deveria ter continuação. Ou o primeiro deveria ter terminado sem o outro médico aparecer e estragar tudo. Seria um efeito bola de neve.

Waste Land


Lixo extraordinário. Ótimo documentário. Fala do artista brasileiro Vik Muniz que usa materiais exóticos na confecção de suas artes. E resolve voltar ao Brasil – ele mora nos EUA – para realizar um novo trabalho envolvendo lixo. E vai para o maior aterro do mundo, em Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro. Faz a gente pensar sobre o lixo. E coleta seletiva. É interessante demais. FILMAÇO.

Election


Filme bonzinho. Antigo já. Bem sessão da tarde. Com Matthew Broderrick e Reese Witherspoon. Sobre uma eleição para o grêmio estudantil vista pelos diferentes personagens.

The Losers


Ótimo filme. Bem divertido. Lembra muito Os Mercenários! E tem várias piadinhas divertidas durante o filme inteiro. Recomendo muito.

Ancient Aliens


Ótima série. Fala da teoria do astronauta antigo. Isso é: a terra teria sido colonizada ou visitada no passado por alienígenas. Esses aliens teriam vindo e nos dado vários empurrõezinhos ao longo da história. Tipo as pirâmides (que seriam uma forma de obter eletricidade sem fio). É bem bacana. Pra quem curte ufologia, vale a pena ver. Pra quem é religioso também. Porque fala de vários textos religiosos (coisas do cristianismo, hindu, islã, etc).

Club Dread


Acho que foi Afonso que me indicou esse filme. Meu deus. É tipo O PIOR FILME QUE JÁ VI. Um dos piores, pelo menos.

L'Eleve Ducobu


Bacaninha, bem sessão da tarde. Quem se destaca mais é o ator de Latouche, ao invés do protagonista.

Mortal Kombat Legacy


Jax, Sonya, Kano, Striker. Johnny Cage, Baraka, Shao Khan, Kitana, Milena, Sindel, Raiden, Scorpion, Subzero, Sektor e Cyrax. Todos esses personagens foram citados no seriado. Cada episódio tem uma história independente e curtinha para apresentar os personagens. A história do Johnny Cage e do Raiden são as melhores. Recomendo muito ver!

Senti falta de falarem sobre Liu Kang, Kung Lao, Shang Tsung, Goro, Sheeva, Motaro, Kintaro... espero que tenha uma segunda temporada.

Um novio para mi mujer


O filme é bom. O ator lembra o cara de Man of a Certain Age. Ray Romano. Só que a legenda que peguei foi feita nas coxas, via google tradutor ou similares. Não se deram ao trabalho nem de revisar.

Hot Shots!


Que em português é... Top Gang! A paródia de Top Gun. Revi depois de mil anos e... CHARLIE SHEEN E JON CRYER juntos! Que interessante! A cena do cavalo e da moto foi muito boa. A série de coincidências dentro do alojamento. Os codinomes dos aviões. A cena de sexo cheia de alimentos! A cena de azar, com gato preto, passar debaixo da escada e o espelho quebrar! Que roteiristas geniais! E os créditos, hein? Cheio de receitas de comida e um aviso “se você tivesse deixado o filme quando os créditos começaram, você já estaria em casa agora”. Recomendo muito!

Son of Rambow


Eu pensei que o título era Son of Rainbow. Rainbow sendo arco-iris né. Li errado. Era Rambo mesmo, escrito errado. Filme lindo. Ótima trilha sonora. Tem o Chuck de Gossip Girl. ÓTIMO FILME. Bem legal a amizade dos dois protagonistas. Recomendo muito!

Shutter Island


Filmaço. Assista!

Adidas x Puma


Um documentário feito pela Management TV. É interessante pra saber as origens das duas empresas. Que na verdade era só uma, criadas pelos irmãos Adolf (Adi) e Rudolph Dassler. Pra quem gosta de futebol, não pode deixar de ver.

Secret Origins: the story of dc comics


Bem bacana. Cada personagem foi criado em um contexto diferente. Tem até a questão do feminismo com a mulher maravilha. Juliana poderia estudar isso. Sera que tem algum documentário sobre a Marvel? Pensei em ver um crossover entre o Lanterna Verde x Senhor dos Anéis. Trocando os anéis e tal. Ótimo documentário.

Justin Bieber: Never Say never


Por que fazer um filme sobre Justin Bieber? A pergunta certa é: por que não? A história dele é interessante. Justin não é só voz. Ele sabe tocar outros instrumentos. Eu pensei que ele era alguém criado pela mídia (e de certa forma é), mas é mais que isso. Ele surgiu na internet do nada. E lutou pra conquistar o espaço. Não tinha ideia da dimensão dele antes da fama mundial. A parte que o agente de Justin distribui os ingressos pras meninas que não tinham é emocionante. O filme mescla coisas familiares de Justin com cenas do seu show no Madison Square Garden. Recomendo!

Highschool of the Dead


A anime com maior número de fan service que já vi. O encerramento é no estilo Yu YU Hakusho. Todos os títulos dos episódios envolvem o nome DEAD. Após o encerramento, o episódio continua com mais 45s. Muito chato isso. O episódio 4 tem uns 10 minutos de flashback. Um saco. Episódio 6 é puro hentai. A série termina em aberto. Não termina. Após o ep 12 há um ova chamado Drifters of the Dead. Que é a continuação. Mas é mais um filler. O desenho é bom, mas só fará sentido se tiver outra temporada.

LOL (Laughing out Loud)


Fiquei pensando no termo "Ciências da Terra" que o filme fala. A materia escolar mesmo. E quando formos morar em Marte, será as "ciências de Marte"? É um filme igual a todo filme francês. Sem final, mas com enredo e inicio bom. Bem sessão da tarde. Lembra um pouco Skins. A trilha sonora é bem legal. Tem uma discussão sobre feminismo também.

Bridge To Terabithia


POR QUE ELA TEVE QUE MORRER?

Closer


Closer é legalzinho. Só. Jude Law me lembra Ewan Mcgregor. Natalie Portman continua linda.

Cisne Negro


Cisne negro é uma bosta mesmo, bem que Cintia tentou me alertar. Dei “skip” em várias cenas para chegar no clímax. A parte de Natalie se masturbando... a cara dela. Na cama e na banheira. E a cena de Natalie com Mila é igual Ariane e Mariana se pegando. Passe longe do filme e veja essas cenas no YouTube.

Enchanted


Encantada é muito bom. Muito bom mesmo. A menina parece com Clarisse. Assim como a menina de The Office parece com ela. Não sei porque. Recomendo MUITO!

Grease


Em Grease, Ariane é a loirinha querendo ser santa (Sandy) e Mariana é a morena (Betty). Ótimo filme, mas todos já devem ter visto.

Mr. Nobody


Mr Nobody = Efeito Borboleta + Donnie Darko + Lost + Drogas pesadas. E ainda fala mal de um brasileiro. Coitado de nós que cozinhamos ovos. E no fim, o final é ruim. O filme tem conceitos legais, mas... não gostei.

Mommy Is At The Hairdressers


Mais um filme francês sem final. Como todos. Fala de uma mãe que abandona a família quando descobre que seu marido está tendo um caso com outro homem. Ele implora que ela fique, mas não adianta. A família tem que se virar sem ela.

Morning Glory


Bonzinho. Harrison Ford tá diferente do normal. De Indiana Jones, Blade Runner e Star Wars, por exemplo. Pra mim esse é o normal dele.

I spit on your grave


Muito pesadinho pra mim. Dei "skip" em várias cenas. Prefiro Trust.

Kurushitsuji


Kurushitsuji = Hellsing + Jigoko Shoujo + Shinigami no Ballad. Parei no episódio 6.

Robin Hood


Robin Hood é um filme legal. O problema é que eu esperava que contasse a história de Robin como um fora-da-lei e tudo que vi foi um filme no estilo Coração Valente, com algumas intrigas políticas e um final feliz. Acho que perdi meu tempo vendo ele todo, apesar de não ser ruim.

Vocês não acham parecidos as crianças fora-da-lei com as crianças de Peter Pan? Bem similar, não? Estão a margem da justiça e tal. São inglesas. É, só consigo pensar nessas coisas em comum, mas...

Sherlock Holmes


O filme de Sherlock com Robert Downey Jr. é muito massa. O curioso é que no dia anterior eu vi um episódio da série Sherlock da BBC de Londres e em ambos apareceram Irene Adler. A do filme é mais bonita. A história do fim gira em torno da morte de Lorde Blackwood. Que após ser enforcado, ressuscita da sua tumba e volta a assassinar pessoas. Sherlock e Watson precisam descobrir como ele voltou a vida e qual o seu objetivo. Assim como o seriado inglês, o filme nos traz a senhora Hudson, a governanta da casa.

Quem já conhece o seriado, não deveria deixar de assistir ao filme. E vice-versa.
O final do longa-metragem é aberto, deixando uma sugestão para uma sequência, dessa vez com Sherlock enfrentando o Professor Moriarty.

The Ides of March


Bom filme. Fala da disputa por uma vaga para concorrer a presidência dos EUA. Não entendo muito bem como funciona a votação por lá. Sei que tem um lance de delegados, a votação não é eletrônica - como no brasil, e que um político pode ter a maioria dos votos diretos, mas é eleito indiretamente, pelos tais delegados. Recomendo assistir.
Postar um comentário