Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

18 de março de 2012

The Notebook

Por que você baixou esse filme?

O envy (PEDRO MAIA, agora eu sei) colou no #ACTION o link desse vídeo:


Depois de rir muito da situação apresentada, fui atrás do nome do filme e encontrei nos comentários. Então baixei. Só por isso.

Mas e aí, do que é que ele fala?

É uma história de amor. Mais uma. Um idoso conta, através de um diário antigo, para uma velhinha, em um asilo, a história de um casal de jovens que, devido a diferenças econômicas, não conseguiram ficar juntos.

Daí tem todo aquele dualismo, né? Menina rica e ingenua e garoto pobre e sem sofisticação. Separada do seu namorado de verão, a menina rica vai pra cidade e acaba esquecendo o garoto tempos depois. E então fica noiva de outro rapaz. Que ela gosta de verdade, por sinal.

Enquanto isso, o garoto fica triste e envia cartas para a menina durante um ano. 365 cartas. Nenhuma respondida. Então ele diz "bola pra frente, né?" pra si mesmo e vai seguindo sua vida, se alista no exército, ganha um dinheirinho após o fim da segunda guerra mundial e vai fazendo sua vida.

Até que eles se reencontram e algumas reviravoltas acontecem... veja o filme.

Eu achei bem bonitinho. Acho que não há surpresa nenhuma sobre o que filme tenta, pessimamente, esconder. Mas é como eu tento me enganar, o que importa é como a história se desenrola e não o final que ela teve (LOST, falo de você). Apesar das duas horas, senti que o TEMPO (o que é o tempo, né?) voou.

Poderia me mostrar algumas imagens?



Postar um comentário