Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

1 de março de 2012

Um pequeno diálogo sobre patriotismo

[13:23:19] <@Vintage_Work> brasil ta precisando de um ayrton senna
[13:23:29] <@Vintage_Work> ele era muito simpatico
[13:23:32] <&Inuhakuballdiacoshin> e de um guga
[13:23:37] <@Vintage_Work> e patriota
[13:23:42] <@Vintage_Work> e outras qualidades
[13:23:45] <&Inuhakuballdiacoshin> q nao esteja bixado
[13:23:47] <&kursch> patriota
[13:24:09] <&kursch> que coisa estranha né
[13:24:14] <@Vintage_Work> kursch ele era o pica grossa do brasil
[13:24:19] <&kursch> só porque a pessoa nasceu em uma certa parte do mundo
[13:24:25] <@Vintage_Work> acho que a taxa de rejeição dele
[13:24:28] <&kursch> ela tem que ser igual as outras
[13:24:30] <@Vintage_Work> era menor que a de jesus e pelé junto
[13:24:31] <&kursch> que moram nessa mesma parte.
[13:24:41] <&kursch> é tao estranho isso.. patriotismo
[13:25:35] <@Vintage_Work> fala que vc é um BR
[13:25:37] <@Vintage_Work> num jogo online
[13:25:49] <&kursch> então Vintage_Brilho
[13:25:50] <&kursch> exatamente
[13:26:00] <&kursch> você pode ser br, mas precisa ser necessariamente imbecil
[13:26:03] <&kursch> como boa parte dos brs são nos jogos né.
[13:26:07] <@Vintage_Work> s
[13:26:08] <&kursch> que ficam trollando online
[13:26:13] <&kursch> mas ai, por voce ter nascido num canto do mundo
[13:26:18] <&kursch> voce é taxado como igual aos outros
[13:26:25] <&kursch> por isso esse lance de patriotismo é engraçado
[13:27:10] <&kursch> voce teoricamente nao deve/pode fazer algo
[13:27:18] <&kursch> porque aquilo nao pertence ao seu local de nascimento
[13:27:23] <&kursch> imagino as pessoas do ACRE
[13:27:29] <&kursch> que antes eram BOLIVIANAS e se tornaram BRASILEIRAS do dia pra noite (ou quase isso ;P)
[13:27:30] <&kursch> ou sei la
[13:27:39] <@Vintage_Work> eu digo
[13:27:43] <@Vintage_Work> como representante
[13:27:51] <@Vintage_Work> ele era um pica grossa
[13:27:56] <@Vintage_Work> ele sabia representar os youbr
[13:28:32] <@Vintage_Work> e nao ia ter alguem no mundo que ia falar mal/contrario do senna
[13:28:36] <@Vintage_Work> pq ele realmente era foda
[13:28:57] <@Vintage_Work> independente de qlqr otura coisa dos br
[13:29:48] <&kursch> sim, entendo
[13:29:59] <&kursch> na verdade, as pessoas iam se lamentar né
[13:30:05] <&kursch> por ele ter nascido aqui
[13:30:09] <&kursch> e não em outro local
[13:30:10] <&kursch> ;P
[13:30:14] <&kursch> as pessoas de fora do br, claro
[13:30:18] <&kursch> é tipo MESSI
[13:30:26] <&kursch> um ESPANHOL
[13:30:29] <&kursch> que resolveu jogar pra argentina
[13:30:29] <&kursch> =x
[13:30:33] <&kursch> o cara tá lá na Espanha desde os 10 anos, sei lá
[13:30:47] <&kursch> mas ele é "patriota" por resolver jogar pela Argentina
[13:30:52] <&kursch> apenas por ter nascido lá
[13:31:09] <&kursch> mesmo ele tendo passado mais de 50% da vida fora do país
[13:33:23] <@Vintage_Work> ele vai negar as origens? rsrs
[13:34:09] <&kursch> ué, por que não?
[13:34:15] <&kursch> por isso que é engraçado o conceito ;P
[13:34:34] <&kursch> aquele brasileiro do barça, thiago alcântara
[13:34:39] <&kursch> não se tornou espanhol?
[13:34:41] <&kursch> então
[13:34:49] <&kursch> tá lá desde pequeno, mesmo caso de messi
[13:35:10] <&kursch> nesses casos eu não sou contra a naturalização das pessoas
[13:35:12] <&kursch> pro futebol
[13:35:27] <&kursch> sou contra nqueles lances de o cara passar 6 meses num país, receber um dinheirão
[13:35:31] <@Vintage_Work> ele escolheu oras
[13:35:34] <&kursch> e jogar pela seleção do KUWAIT
[13:35:36] <&kursch> então
[13:35:38] <&kursch> EXATAMENTE
[13:35:40] <&kursch> ele escolheu ;P
[13:35:51] <&kursch> voce pode "escolher" sua patria né
[13:36:00] <&kursch> e nao precisa ser aquele lugar que voce, por um acaso, nasceu
[13:36:10] <@Vintage_Work> sim
Postar um comentário