Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

14 de junho de 2012

Arrested Development

Sempre que eu quero alguma sugestão de séries, ou eu pergunto para Afonso e Ariane ou vão ao IMDB (Internet Movie Data Base) para descobrir quais são as séries mais bem votadas. Resolvi então dar uma chance para Arrested Development, nota 9.4, sendo que quase 90.000 pessoas votaram (o que torna uma média muito difícil de alcançar, quase uma unanimidade). É a melhor série de comédia.

Qual é a história dessa série?


"É a história de uma família rica que perdeu tudo e do filho cuja única alternativa era manter todos unidos"

Esse filho, no caso, é Michael Bluth. Michael é o cara responsável da família, uma ovelha BRANCA rodeada de ovelhas negras. Ele tem um filho, George Michael, e quer ser um exemplo de pai, já que a mãe do garoto morreu.


George Michael é um adolescente que se apaixona por sua prima, Maeby. Igual a Breno e Carol. Só que George Michael vive com medo do que a família dirá sobre os seus sentimentos.


Maeby (lê-se Maybe, como "talvez" em inglês, o que era bastante trocadilhos) é a filha de Lindsey, irmã de Michael. É uma pessoa bastante racional e não se parece em nada com sua mãe ou seu pai. Bastante pé no chão, ela consegue observar as coisas pelo modo como elas são e não pela maneira que nos imaginamos que seja.


Lindsey é a mãe relapsa, que passa mais tempo envolvida em causas perdidas do que nos cuidados com a filha (não que ela precise de cuidados). Seu marido e pai de Maeby chama-se Tobias.


Tobias era um psiquiatra que resolve abandonar a profissão para tentar se tornar ator. Só que ele é muito ruim. Tobias também tem uma TOC que é o de NUNCA FICAR NU. Ele sempre está com um shortinho por baixo das roupas. Além disso, todas as suas falas são ambíguas, fazendo os telespectadores pensarem que ele é gay.


Gob é o irmão mais velho de Michael, e é representado como uma pessoa nada madura. Vive fazendo shows de mágicas e tenta ser um ventríloquo (sem sucesso para ambos os casos).


Buster é o irmão que sofre de algum retardo mental. Faz muita leseira e vive atrás da proteção de sua mãe. Não consegue viver sem ela. Inclusive, no inicio da série, arranja uma namorada mais velha que tem o mesmo nome de sua mãe, Lucylle.


Lucylle, pra mim, é a personagem mais legal da série. É uma mãe que não tá nem ai pros seus filhos, começa a beber assim que começa o dia e é bastante maquiavélica. Não duvide do que ela pode fazer.


Por fim temos George Senior. Ele é o dono da empresa Bluth e é o responsável pela perda da riqueza da família. Acaba indo preso sob a alegação de lavagem de dinheiro e fraude. Sempre fica jogando seus filhos um contra o outro.


Outros personagens recorrente na história é o advogado que nunca sabe o que está fazendo; O médico que dá todas as noticias sobre a saúde das pessoas de modo sensacionalista; O outro advogado, chamado Bob Loblaw (um trocadilho pra bla bla bla); e Rita Leeds, uma suposta espiã inglesa interpretada por Charlize Theron.


Arrested Development foi transmitida na TV americana entre 2003 e 2006. Possui 3 temporadas completas, mas a grande noticia é que a série voltará a ser produzida pelo site Netflix, com todo o elenco original. É uma série que recomendo bastante, não tem como não rir durante todos os episódios. As situações, as piadas, os personagens... tudo é engraçado.
Postar um comentário