Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

30 de agosto de 2012

O Segredo dos seus olhos (El secreto de sus ojos)

Depois de 2 anos "mofando" no computador, tomei coragem pra ver o filme que Igor recomendou.

O protagonista é o ator Ricardo Darín. Já tinha visto um filme com ele antes. "Un Cuento Chino". Nesta PELÍCULA ele interpreta Benjamín Esposito, um detetive aposentado que, sem mais obrigações trabalhistas, deseja escrever um livro sobre o caso Morales, referente ao estupro seguido de morte uma garota. Essa menina LINDA abaixo:


O filme é contado através da perspectiva de Benjamín, mesclando o presente, com o protagonista aposentado, com as memórias do mesmo tentando solucionar o caso junto com seu parceiro Pablo Sandoval no passado. Aliás, Sandoval é o alivio cômico da história. No local onde trabalham, uma espécie de juizado, ele sempre atende o telefone dizendo ser de outro canto. Banco de esperma, quartel de guerrilheiros, etc.


A ideia que eu tive do filme enquanto assistia (eu evito ler as sinopses quando alguém recomenda algo) era que Benjamín iria, através das memórias do caso, conseguir decifrar quem era o responsável pelo crime. No tempo presente. Como se tivesse deixado de atentar a algum detalhe, Sabe? Esse seria o CLIMAX da história. Mas não é. Quer dizer, é. Mas há outro!

Uma das ideias abordadas na história é a questão da pena de morte. O marido da garota assassinada não deseja que o criminoso morra. Aliás, isso nem é possível na Argentina. Não há pena de morte. Para ele, a morte apenas alivia e não pune. Quem é punido são os entes que sofrem pela perda da pessoa amada. Ele no caso. E a história trata disso também, como o cara lida com a morte da mulher. No desenvolver da trama, Benjamín PROMETE que quando capturarem o assassino, este com certeza iria pegar prisão perpetua, mas...


Outro aspecto interessante é a questão da paixão. As pessoas podem mudar em tudo, menos nas paixões. Foi com esse raciocínio que conseguiram obter PISTAS para encontrar o criminoso. Talvez seja por isso que Igor me recomendou tanto esse filme (ou não). Porque a paixão do assassino era o futebol. O criminoso mudava de identidade, cidade, mas não mudava o time pelo qual torcia!


Assistam o filme e tenham em mente que o grande BARATO não é encontrar o assassino, mas sim o final. O final do livro que Benjamín escreve. Que será explicado ao fim do filme. Vou deixar claro: O final é ótimo! As vezes dá a impressão que a história se arrasta, mas não dê BOLA pra isso. O final vale o filme todo!

Postar um comentário