14 de janeiro de 2013

Dungeon Hunter 3

Entenda o contexto: praia, sem internet, sem computador e um tablet sem jogos. Na primeira oportunidade que voltei para a CIDADE GRANDE aproveitei o ensejo e baixei MILHARES de jogos free para o aparelho (é o da Apple e não, não fiz jailbreak). Por dezenas de motivos - uns eram ruins mesmo, outros precisavam de acesso a internet e alguns eram FPS, gênero que não gosto - desses montante de jogos só me sobraram dois. Esse é um deles (o outro vou comentar posteriormente).

Dungeon Hunter 3 é um rpg hack and slash. É possível jogá-lo online, mas minha experiencia baseia-se somente no modo offline, individual, single player, forever alonismo.


O jogo consiste no seguinte: existem 4 classes (Guerreiro, Astromancer, Trickster, Xamã). Cada personagem tem atributos diferentes. Optei pelo guerreiro, que ataca de perto. É mais fácil ficar em cima do adversário esmagando-os com seu machado do que sou eu bola de fogo e o calor ta de matar mirar e soltar bola de fogo nos inimigos. Ainda não estou completamente adaptado a controlar um boneco tocando na tela. Desculpe a falta de coordenação motora.


Após criar o personagem e selecionar o modo individual, sou levado a uma tela que mostra apenas um mundo - num total de quatro - habilitado. Nele ha dezenas de dungeons a serem exploradas e elas são desbloqueadas a medida que progrido no jogo. Cada uma tem três objetivos  geralmente consistindo em matar inimigos usando habilidade x, matar outros usando y, destruir partes do cenário, etc. Ao finalizar a dungeon, recebo uma nota baseada no meu desempenho, variando de AAA (maior) a F (menor). Não é necessário completar os objetivos da dungeon para desbloquear a seguinte, mas é bastante recomendável que o faca para ganhar uma recompensa em forma de experiência (que permite subir de level e desbloquear novos itens) e gold (para comprar os itens disponíveis).



O jogo começou a ficar difícil  para mim, na décima dungeon do primeiro mundo. Apareceram uns magos curandeiros que faziam miséria com meu VIRIL guerreiro. Foi nessa hora que resolvi parar e escrever sobre Dungeon Hunter 3.

Vou dar umas dicas a seguir, misturados com comentários sobre o jogo em si.

- Tenha sempre 3 poções estocadas. eles recuperam seu life e mana ao mesmo tempo. A mana serve para usar a habilidade especial, que não é tão usada pelo guerreiro, exceto quando uma faz parte de um dos objetivos da missão.

- Quando uma missão pede para matar o inimigo com o golpe especial significa LAST HIT, ou seja, apenas o ultimo golpe desferido TEM que ser o especial. Não adianta bater no ESCRAVISTA (um dos inimigos) o tempo todo com especial e no final utilizar o dano físico normal.


- Um problema do jogo é que não é dito o nome do personagem inimigo. Quando um dos objetivos solicita que mate GOBLINS e CAÇADORES GOBLINS, fica difícil saber qual é um e qual é outro. Os únicos nomes de inimigos que aparecem são os chefes e subchefes de cada dungeon.

- É necessário, na maioria das dungeons, refazê-las mais de uma vez para completar todos os objetivos. As vezes um inimigo só aparece uma vez e é preciso matá-lo três. Aproveite estas oportunidade para subir de nível.


- Destrua tudo que for possível do cenário. Barris dão moeda. Qualquer ESMOLINHA no inicio do jogo é benéfico.

- Assim que possível compre os novos itens desbloqueados. Armas, dorsos, capacete, pés, TUDO. Infelizmente, sem acesso a internet, não é possível fazer a melhoria dos equipamentos, mas como joguei apenas para passar o tempo, isso não me preocupou muito.

- Use as poções adquiridas nas recompensas antes de adentrar as dungeons. O efeito é de curto prazo, mas vai ajudar a evitar sua morte, alem de tornar a tarefa mais fácil  levando assim a notas melhores.


- Mm ponto negativo é que caso você crie outro personagem, o dinheiro e os cristais são compartilhados. Minha tia experimentou o jogo no meu tablet com um personagem distinto e acabou com meus cristais pra comprar alguma coisa. Isso é um ponto bastante negativo, tendo em vista que eram MEUS cristais!!! Esse item é bastante raro no inicio do jogo.

- O progresso da missão deveria aparecer na tela do jogo. As vezes eu esquecia quais eram os objetivos da missão.


No balanco geral, Dungeon Hunter 3 é um ótimo passatempo. As dungeons são completadas em pouco mais que 5 minutos (as iniciais pelo menos), então não toma muito tempo. Mais rápido que empacotar produtos no supermercado. Se sua meta pessoal for igual a minha, terminar todas as dungeons com a nota AAA, então a diversão é prolongada.
Postar um comentário