27 de fevereiro de 2015

Do platina para o prata para o platina

Na quarta temporada de League of Legends alcancei Platina nas partidas solo ranqueadas. O máximo que cheguei foi na divisão III, mas em uma série de partidas ruins acabei caindo para a V. Na pré-temporada, período após as distribuições das recompensas e antes do inicio oficial da quinta temporada, joguei muitas partidas e, infelizmente, tinha mais derrotas que vitórias. Meu MMR devia tá muito baixo, mas não cai da divisão V. 

Tendo em vista esses fatos e o começo da atual quinta temporada, fiz a série promocional, famosa MD10, e terminei 5/5. Onde cai? NO PRATA I. 

No começo achei meio desesperador, mas depois pensei "não estou tão ruim assim, no mínimo tenho nível para chegar no ouro". Jogando de suporte (Braum e Leona) e meio (Malzahar), facilmente sai do prata. Diferente da temporada passada, onde tinha muita confiança no meu Thresh (99/79 na S4), nas partidas disputadas com ele na S5 só fiz perder. Passei a evitá-lo. 


Já no ouro, as partidas foram realmente de um extremo ao outro. Ou meu time dava um stomp ou era stompado. Sem meio termo. Acabei subindo e pulando uma divisão (do Ouro V para Ouro III), mas por esses aspectos citados acima, cai para Ouro IV. Essa irregularidade só terminou quando cheguei no Ouro I. Por incrível que pareça foi onde menos precisei disputar partidas para voltar ao meu querido Platina V. Dei sorte, talvez.

Agora é só manter o nível, evitar jogar se estiver numa série de mais de três derrotas, escolher os campeões que estou me dando bem e esperar as recompensas do fim de temporada. O ideal seria jogar só a cada 28 dias, que é quando se começa a perder Pontos de Liga (PdL) por inatividade, mas não tenho PODER MENTAL para isso. Será uma ranqueada por dia para pegar o bônus da primeira vitória do dia. Se ganhar, ótimo: joga só no dia seguinte. Se perder, nada que uma partida contra bots iniciantes não resolva.
Postar um comentário