Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

13 de julho de 2015

Aldeia Potemkin

Aldeia Potemkin é o nome dado a um local construído artificialmente para impressionar quem ali não vive, fazendo-se passar por algo real. Em suma: mostrar uma situação que é melhor do que parece.

No filme "A entrevista" (The Interview) é mostrado um cenário fictício para impressionar os dois americanos que vão entrevistar o líder da Coreia do Norte.






A controversa origem desse termo remonta o século 18. Grigory Potemkin, um militar russo, governava uma região que tinha sido destruída em guerras previas. Tinha como objetivo reconstruir o local e dar condições para que as pessoas pudessem viver por lá novamente. Entretanto, havia uma tensão contra o império Turco-Otomano e os recursos seriam dirigidos para a maquina de guerra, esvaziando os investimentos na restauração.

Potemkin teve então uma ideia para impressionar os aliados da Rússia numa futura guerra: a imperatriz Catarina II embarcaria numa viagem com estes aliados, passando pelos rincões da futura república socialista e Potemkin criaria aldeias moveis que transpareceriam artificialmente a melhoria rápida dos locais devastados por guerras anteriores. Se isto fosse feito com sucesso, os aliados, contentes com o que estavam vendo, certamente aplicariam recursos na futura batalha.
Postar um comentário