Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

18 de novembro de 2015

Reembolso no Steam


Desde que a opção de reembolso de compras digitais surgiu no Steam, tenho pensado bastante antes de adquirir um jogo.

A primeira, e provavelmente única, pergunta que faço é: vou jogá-lo AGORA?

Isso porque, na época da disponibilização da opção, eu tinha uma dezena de jogos que, o máximo que tinha feito, deve ter sido abrir para ver se o jogo rodava e pronto.

Deu muita vontade de dar reembolso nesses jogos, só que com a politica de tolerância que prevê 15 dias após a compra e/ou duas horas de jogatina, nenhum desta dezena se incluía nos critérios. E eu até tentei jogá-los, mas... não gostei.

Por isso que é importante ter VONTADE de usufruir do jogo logo após comprá-lo e não esperar a aposentadoria e vida ociosa para se decepcionar.

P.S: os jogos que queria reembolsar e não posso: Bastion, Darksiders I e II, Dungeon Defenders, Fairy Bloom Freesia, FF VII, Hydrophobia: Prophecy, The Last Remnant, Lucius, Morphopolis, Mount & Blade: Wardband, To The Moon, The Witcher 1 e 2.
Postar um comentário