Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

9 de novembro de 2016

As sugestões que as pessoas dão

Creio ser natural do ser humano querer compartilhar sua felicidade com os outros. Esses pedacinhos alegres da vida vem em diversas formas: uma aprovação em concurso, passar aquela fase difícil de um jogo, a energia da casa voltar quando seu corpo só queria um pouco de ventilador, encontrar 10 reais no chão, um torrent ter muitos seeders.

Uma maneira mais simples de mostrar seu entusiasmo e contentamento para o mundo é indicar um filme, um livro, uma série, um jogo. Nessas horas, contudo, vejo sempre o receio das pessoas de embarcarem de cabeça na recomendação do coleguinha.

Tenho divagacoes a respeito. Em relação ao influenciado me pergunto: porque tanta hesitação? Por que protelar ou, mais comum, simplesmente ignorar a sugestão? E para quem está induzindo: que bem faz propor algo? Por que a pessoa precisa ver/ler/assistir/jogar o que você quer? Qual o seu propósito com isso?
Postar um comentário