Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

9 de julho de 2017

ALMADA, Sandra. Mídia e educação no Brasil. in: Cadernos do terceiro mundo, n. 166, 1993.

Contexto histórico da chegada da televisão ao Brasil. Conflito de mídia contra as escolas e a leitura. Sugestões para combater a ideologia de massa feita pela televisão. Diferenças entre os paises de 1º e 3º mundo em relação á chegada da televisão. Mostra-se o impacto causado pela TV a população iletrada, choque esse que vem da manipulação de imagens e sons. Critica a escolarização via veículos de mídia, onde se “acena com uma escolarização rápida e fácil”. Aponta a evasão escolar e ressalta a tensão entre escola e sociedade devido à crise que essa sofre. Explicação do maior contingente atingido pela mídia é a de que “a mídia penetra em lugares onde o livro não entra, porque a energia elétrica é ainda mais barata que o livro”. Revela a falta do habito de leitura entre a população. Mostram-se soluções para tentar combater o que à mídia impõe. Critica ao livro didático como guia fundamental a educação. Estimulo a leitura de ficção para habituar o jovem leitor. Falta de incentivo do governo como referência a cultura.
Postar um comentário