Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

9 de julho de 2017

Arqueologia no Nordeste Brasileiro

O Atual nordeste brasileiro foi ocupado em sua pré-história por grupos de caçadores estabelecidos próximo aos rios e fontes de água. Coabitando junto com estes grupos humanos havia animais da megafauna como: tigres dentes-de-sabre, tatus gigantes e mastodontes.
Os sítios de Mirador e Pedra do Alexandre no Seridó ilustram, com seus registros rupestres, as datas mais antigas de ocupação da região potiguar.

Há no nordeste brasileiro, bem como na região potiguar, três tradições: Itaquatiara, Agreste e Nordeste. A tradição Itaquatiara é retratada sobre rochas que estavam próximas a cursos de água. Continha desenhos, sinais, círculos, quadrados e linhas. A tradição Agreste apresenta marcas de mãos e pés, alem de desenhos antropomorfos e zoomorfos, todos em tamanho grande. A tradição Nordeste, ao contrário, são retratadas em tamanho pequeno, dotadas de enfeites, caracterizando o homem pré-histórico dentro de um contexto social.
Postar um comentário