Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

17 de março de 2012

Bright Star

Por que você baixou esse filme?

Não lembro, infelizmente. Se eu lembrasse, nunca mais aceitaria recomendações da pessoa/blog/coisa.

Mas e aí, do que é que ele fala?

É horrível, muito chato, lento e longo. É toda a idealização do amor romântico. Da época do romantismo mesmo. Só se vê um beijinho, sem língua, muito depois da metade do filme (quase 2 horas).

Sobre a história: é de amor. Muito dramática. Cheio de poeminhas. Se passa na idade moderna, na Inglaterra, onde a mulher tem aquele papel submisso dentro da sociedade. Daí ela se apaixona por um poeta, que corresponde. Mas como é de praxe, o escritor é pobre, não pode se casar com ela e há todo um drama. Fora que Keats, o poeta, tem um amigo super chato que fica cortando o barato dele com a garota, Fanny.

Não tenho mais o que escrever.

Poderia me mostrar algumas imagens?



Postar um comentário