Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

8 de abril de 2012

The Hurt Locker

Por que você baixou esse filme?

O famoso Guerra ao Terror. Baixei porque vi em algum blog, que não lembro qual, que falava de um soldado com séries desvios mentais que adorava guerra e estava no Iraque. Ou talvez isso veio da minha cabeça.

Mas e aí, do que é que ele fala?

Para um grupo de soldados americanos, alguns dias os separam do retorno para casa. Um período relativamente curto, se não fosse por tantas ocorrências que transformassem esse fim de jornada em um verdadeiro terror. As forças armadas precisam de especialistas não só nos campos de combate mas também no dia a dia, na proteção do grupo contra insurgentes que promovem atentados com engenhos explosivos improvisados (IEDs, na sigla em inglês), matando tanto civis como combatentes. O filme passa se no Iraque.

Não entendo como um filme tão chato, monótono e maçante conseguiu vencer o Oscar 2010. Aliás, eu entendo. Era sobre os pobres soldados americanos no Iraque. Coitado deles. Sério, sem ironia. Nada mais PATRIOTA do que premiar os filmes que falam deles. (Os outros filmes que foram indicados e que eu considero melhor são UP - Altas Aventuras, Distrito 9, Avatar e Bastados Inglórios. Daí você tira como deve ter sido essa premiação).

Nem tenho muito o que falar do filme. O capitão de um esquadrão morre e é substituído por um cara meio inconsequente. Não consigo pensar no filme, porque só me vem a cabeça o contexto da história.

No fim do filme aparece KATE (de LOST). E rola aquela crítica, acho. Na parte do cereal. Tantas marcas a sua disposição, ao alcance da mão e, enquanto isso, o Iraque lá, todo fudido. E o resto do mundo também. Sei lá. E aquele final? Ele ama o bebê ou o país dele? Acho meio babaca esse lance de patriotismo.

Enfim, não recomendo nem pro meu inimigo esse filme. Só se for pra morrer de tédio mesmo.

Poderia me mostrar algumas imagens?



Postar um comentário