Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

2 de dezembro de 2013

Despertador


Antes de dormir, boto meu celular nos locais mais improváveis e difíceis de pegá-lo. Tudo isso para ter uma enorme dificuldade em encontrá-lo quando o despertador toca no dia seguinte. Faço isso para que consiga me manter acordado, mas nunca dá certo, mesmo tendo que por uma cadeira, subir nela e esticar toda minha mão para encontrar o celular que vibra e toca incessantemente EM CIMA DO GUARDA-ROUPA.

Esse esforço é todo em vão, pois logo em seguida dou um cochilo ao invés de ficar acordado (meu objetivo inicial).

E o pior mesmo é, quando acordo, sequer lembro que tinha feito todo esse exercício para encontrar e desligar o alarme. "Como esse celular veio parar debaixo do meu travesseiro?" penso eu.

Nunca tenho a resposta.
Postar um comentário