Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

19 de março de 2014

Cigarro

Me sinto bastante FORA DA LEI quando alguma das minhas tias pedem para comprar cigarro para elas. Percebo o vendedor me julgando e baixo minha cabeça, como um criminoso. "Uma criança dessas fumando, podia ser tão saudável". Elaboro um diálogo imaginário em que digo "mas não é pra mim" e ele responde "aham, cláudia, senta lá". Quando pergunto o preço e o cara diz "7 reais", calculo mentalmente o quanto elas fumam e penso que esse dinheiro estaria melhor em minhas mãos (egoismo).



Só que depois paro de julgar as atividades alheias porque não gostaria que fizessem isso comigo. Certamente se tivesse esse capital em mãos iria diluir em outras atividades e aquela "piadinha" de ter uma Ferrari seria pura balela.

Não-Fumante: - Você fuma?
Fumante: - Sim
Não-Fumante: - Quanto por dia?
Fumante: -  3 maços por dia.
Não-Fumante: - Quanto paga p/ maço?
Fumante:- Cerca de R$ 10,00
Não-Fumante:- Há quanto tempo você já fuma?
Fumante: - Há 20 anos
Não-Fumante: - Um maço custa R$ 10,00 e você fuma 3 por dia o que equivale a R$ 900,00 por mês e R$ 10.800,00 por ano, certo?
Fumante: - É. Olhando por esse lado, está correto
Não-Fumante: - Se em um ano você gasta R$ 10.800,00 sem contar a inflação em 20 anos você gastou R$ 216.000,00, correto?
Fumante: - Correto
Não-Fumante:- Você sabia que esse dinheiro aplicado e corrigido com juros compostos durante 20 anos v. poderia comprar uma Ferrari?
Ai o Fumante pergunta para Não-Fumante :
- Você fuma?
Não-Fumante: Não
Fumante: - Então cadê a sua Ferrari? 
De certo modo creio que já consegui me conscientizar que o cigarro é apenas uma das diversas fontes de prazer da nossa vida efêmera. Tem gente que prefere gastar dinheiro com ingressos para jogos de futebol, shows, cinema ou pipoca bokus. O que eu tenho a ver com isso? Nada.
Postar um comentário