Dias Comuns

qualquer coisa aleatória que passa na cabeça

9 de setembro de 2016

Minha jornada Pokémon - Dia 1 e 2

Tudo começou quando o celular da minha tia quebrou. Ela falou para eu comprar um novo e que ficaria com o meu antigo. Beleza. Comprei um Lenovo Vibe K5 SOMENTE PARA JOGAR POKÉMON. E era o melhor custo-beneficio também. 

Meu celular é pré-pago e não costumo botar crédito. Então só me restava jogar aqui em casa no começo. Falei tanto de Pokémon para minha tia que deixei ela escolher e capturar o primeiro: Bulbassauro. Depois disso, aqui nas redondezas de casa, onde pegava o wifi, não encontrei nenhum.

Meu primeiro Pokémon EFETIVAMENTE capturado foi o Venonat. Dois na verdade.


Aconteceu em uma clinica para alergia (fui fazer exames). Lá tinha wifi e esse menino chamado LUCAS berrando porque a mãe e a avó não deixavam ele mexer o braço. Talvez o mundo real tenha afetado o virtual e feito o Venonat aparecer diante de tanta choradeira. Esse foi meu primeiro dia nesta aventura Pokémon.

O segundo foi hoje, capturei vários enquanto me deslocava para encontrar com Mariana. Uma foto para cada um, sem contar os repetidos.

Caterpie atravessando a rua na faixa:


Eevee no jardim:


Ratata na rua:


Mariana posando com o Weedle:


Bellsprout crescendo entre o piso da cidade:


Krabby e a dança do siri:


Exeggcute fazendo a vigilância da loja:


Clefairy pegando uma carona na bicicleta:


Mariana e o Pidgey



Postar um comentário